Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010

Sabes?

 

Talvez eu te queira esquecer, mas tenho medo de perder o melhor que vivi contigo. Tenha medo de me perder a mim mesma, de não conseguir recuperar as peças perdidas. E às vezes ainda tenho medo do escuro, do mundo, de todos os monstros que por aí andam; medo de não me voltar a sentir completa, plena, cheia. E sabes ? Isto ás vezes são medos demais.
publicado por anna. às 17:25
link do post | comentar | favorito
|
15 comentários:
De Maria a 20 de Janeiro de 2010 às 17:41
pequenino e bonito *.*


*beijinhos*
De Micaela a 20 de Janeiro de 2010 às 18:05
Sem palavras :0 Lindo
De posh a 20 de Janeiro de 2010 às 18:16
quando os medos se transformam em atitudes e essas atitudes fazem com que afastemos os que mais amamos
De j @ a 20 de Janeiro de 2010 às 18:21
gosto tanto tanto do que escreves :')
beijinhos «3
De kelly a 20 de Janeiro de 2010 às 18:37
os medos entram pela nossa cabeça, apoderam-se do nosso corpo e fazem aquecer as duvidas.
e assim, tudo se torna mais dificil. mas temos sempre que lutar. :)
beijinho. «3
De Mudei-me. Tchauzinho. a 20 de Janeiro de 2010 às 19:08
Olá.
Lindo mesmo. Amei +.+
Beijos. 
De Ritaa a 20 de Janeiro de 2010 às 19:27
as memórias são, para mim, uma das marcas mais importantes do livro da vida. se alguma coisa me é saudosa, de certo, em algo momento, essa mesma coisa já me marcou de verdade. perder memórias é como perder bocadinhos de nós; perdemos parte do que vivemos. por isso, não queiras perder memórias que um dia já te foram tudo ou que ainda significam e são grande parte de ti. guarda os bons momentos, e deixa só que os menos bons se desvanençam com o tempo. há quem diga que recordar é viver, então não deixes fugir nada que já teve algum valor para ti. (:
De Annie ♥ a 20 de Janeiro de 2010 às 20:02
Mais uma vez adoro est post, chego a pensar q é impossivel n gostar dos teus textos (:

beijinhos querida
De ritab a 20 de Janeiro de 2010 às 20:52
Nunca esquecemos uma pessoa, simplesmente deixamos de gostar dela. Não penses que é uma pessoa, nem um namorado, que te difine. Não vais mudar só por não o teres. Vais-te tornar melhor :)
De Pedro a 20 de Janeiro de 2010 às 21:52
Foto fofinha (: 


Adorei o texto, sinceramente. Ficas bem a escrever coisas assim, deste tamanho e desta forma! Continua neste registo, é bonito.

Comentar post