Quarta-feira, 9 de Dezembro de 2009

You're irreplaceable.

 

Quintas e sextas.
 
Já não quero saber das viagens de carro a Lisboa na quinta, nem dos pastéis que partilhamos sentados naquela mesinha junto à cozinha, se quando anoitece me levas de novo a casa, entras na cama comigo, e de manhã quando estendo a mão para te sentir, a única coisa que sinto são os lençóis cor-de-rosa que me ofereceste. Porque continuas a fazer isto? Com segundas e quartas eu já não me iludo, mas com a sexta eu pensava que tudo podia mudar.
Na quarta tiro o dia para mim, e na sexta? Que é, suposto fazer na sexta, se não estás comigo? Sexta é como o dia mundial do amor, é o dia em que os namorados depois da escola, e dos trabalhos, e das responsabilidades se encontram num parque, comem pipocas e tostas-mistas, bebem carioca de limão nos dias mais frios e à noite vão ao cinema. E depois do cinema ficam juntos, pela noite inteira.
Por favor, não me peças para na sexta ir ao cinema, não ia aguentar tanto romantismo, tantos beijos, tantas palavras sussurradas ao ouvido pelos namorados. Não ia aguentar cada sorriso daqueles. Como nós já demos, e por vezes ainda aparecem quando pensamos que tudo pode ficar melhor.
Acho que na sexta feira sem ti, vou ao clube de vídeo alugar um filme, deitar-me no sofá, tapar-me com a minha manta que ainda possui o teu cheiro, ver o filme, comer chocolate e quem sabe até chorar, ou então sorrir, ou até ficar com medo.
Na sexta vou esperar pelo sábado, que nesse dia eu sei que apareces sempre e ficas até ser segunda. Na sexta vou escrever mais uma vez a nossa história, desta vez vou dar-lhe um ênfase diferente, vou acrescentar uma ou outra personagem, e até inventar outras peripécias, porque assim deixa de ser a nossa história e passa a ser outra qualquer. Uma que pode pertencer a qualquer um, a qualquer outro. E assim se algum dia a descobrires irás pensar que é apenas mais uma das minhas histórias, e nem te passará pela cabeça que é baseada na nossa. Porque no fundo eu acho que já esqueceste como tudo começou. E dos planos futuros que fizemos. Talvez já nem queiras ter filhos comigo, nunca mais te perguntei se ainda queres ser pai dos gémeos que iremos fazer, talvez te pergunte quando, pela madrugada adentro entrares em minha casa. Irei perguntar-te de novo como queres que seja a nossa casa, e se a nossa lua-de-mel sempre é em New York. E agora arranjei um bom tema de conversa.
Talvez amanhã, seja outra vez sábado de planos, de sonhos em conjunto. E talvez o sol volte a brilhar dentro de nós, e tu vejas como o nosso amor, apesar de tudo é belo, forte, e corajoso. E talvez depois disso, já não queiras partir, nem voltar a fugir de mim.
publicado por anna. às 15:23
link do post | comentar | favorito
|
26 comentários:
De j @ a 9 de Dezembro de 2009 às 16:38
não sei que diga, está tão sincero (:
lua - de - mel em new york ? tambem vou querer :b
beijinhos «3
De maria joão a 9 de Dezembro de 2009 às 16:47
mesmo bonito anna :)
estes textos dos dias da semana são algo lindooo *---*
De j @ a 9 de Dezembro de 2009 às 17:49
achas mesmo ? tenho medo de me magoar, mesmo não sabendo se sinto algo por ele (estúpido, eu sei mas é que tipo ainda não consegui perceber ..)
beijinhos «3
De Marie C. a 9 de Dezembro de 2009 às 19:13
E novamente, o teu post é maravilhoso!
Fazes todos os dias? +.+
De Pedro a 9 de Dezembro de 2009 às 19:57
Fogo +.+ 


Outra vez lindo ! (: 


Ai, obrigado :)
mas aquele post deu-me mesmo vontade de escrever, foi incrível ._.


:3
De j @ a 9 de Dezembro de 2009 às 20:51
sim eu entendo princesa, mas é que ele é mais velho, e eu já me magoeei muito, mais do que queria, e não me apetece passar por isso outra vez $:
beijinhos, gosto muito de ti :') «3
De Coco e Baunilha a 9 de Dezembro de 2009 às 20:56

está l-i-n-d-o este texto! adoro adoro, incrivel
De Inées. a 9 de Dezembro de 2009 às 22:09
É a primeira vez que visito este canto e deparo-me com isto. Adorei. É um texto bem pessoal e emotivo e juntas-lhe algo especial. Algo teu. Parabens. Beijinhos.
De Catherine a 9 de Dezembro de 2009 às 22:39
não tens que agradecer !
este está igualmente fantástico :)
beijinho
De maria joão a 11 de Dezembro de 2009 às 07:05
oh, é tão bom saber isso *--*
obrigada :3
beijinhos :)

Comentar post