Sábado, 8 de Agosto de 2009

Mudar.

 

- Não tenhas medo – disse ele.
- Como poderei eu não ter medo? Tu és a melhor coisa que me aconteceu em toda a minha vida. A todos os segundos penso se estás bem, tenho medo das mais pequenas e insignificantes coisas, que te cortes com uma faca sem querer, que tenhas de partir, que..
- Ei pára! Com isso não tens de te preocupar, pois eu não partirei, e sabes? Eu sei que tenho de estar bem, nem que mais não seja por ti. Tenho de me manter saudável, por ti. Vivo de ti e para ti! Nem eu próprio deixaria que algo me acontecesse, pois eu sei que quando for o teu fim, o meu virá também.
- E tu sabes que eu penso o mesmo. Agora por favor promete-me que nunca me vais deixar de me amar.
- Claro que prometo! Como seria isso possível? Eu amo-te de verdade, isto é ridículo, amor que é amor não precisa de mais qualificações, e como tal eu amar-te-ei sempre. Pois quem começa por amar alguém, nunca mais o deixa de fazer.
- Eu sei.
- Eu sei que sabes. Eu também compreendo todos os teus medos, por que eu, embora não o queira admitir, também os tenho.
- Tu tens os mesmos medos que eu? Mas… tu pareces tão seguro de ti, tão seguro de mim, bem isto é estranho.
- As aparências iludem, e tu conheces-me melhor que ninguém, e sei que no fundo tu pensavas para ti que eu teria os mesmos medos que tu, pois afinal sou humano.
- Pois tens razão, acho que o meu coração já me tentava dizer isso à muito tempo, talvez eu não o quisesse ouvir, talvez o quisesse mesmo evitar, pois se eu lhe tivesse dado ouvidos, hoje não estávamos a ter esta conversa. E sabes? Eu gosto mais que sejas tu a dizeres-me as coisas.
- Eu sei amor, eu também te conheço melhor que ninguém. Também sei que tens esse ar de quem não tem medo de nada, de quem se farta de coisas repetidas, de quem é forte, e quem interprete mal talvez ache que te pensas superior. Mas tu não és nada disso. És igual a todos nós, humanos, tens medo, lutas por aquilo que achas que deves lutar, por vezes pensas que todos os outros são melhores que tu, e gostas que as pessoas te digam que te amam e que nunca te vão deixar, vezes sem conta. E sei que por vezes tens medo de amar as pessoas, de as conhecer melhor, pois tens medo que te magooem, que lhes dês tu aquilo que és, e que elas em troca te acenem e te deixem.
- Sim amor, tu realmente conheces-me. Não sei desde quando, mas sei que fui construindo muralhas à volta do meu coração e sei que só poucas pessoas as conseguem ultrapassar, mas para isso é preciso tempo. Demorei 6 anos para que a minha melhor amiga as ultrapasse, queria ter a certeza que ela era a pessoa ideal, mas isso é tão parvo. Não existem pessoas ideias, existem pessoas que nos amam.
- Pois amor é mesmo isso. Todos temos erros e erramos por mais que amemos essa pessoa, e se tu olhares à tua volta, vez que não existem pessoas ideias em nada.
- Pois não, não existem pessoas ideias. E se ela esperou esse tempo todo, então ama-me. Mas contigo foi tudo tão rápido, chegas-te e as muralhas cairam sem fazerem um só ruído. por isso tenho medo, apesar de saber que não o devo ter. Mas o problema é que eu acho que devo dar mais de quem eu sou a quem me ama, e tento fazer isso, tento. Tento mudar. Tenho força de vontade, mas por vezes custa-me obedecer-lhe. Custa-me. E não é pouco.
- E a quem não custa? Quem diz que mudar e obedecer à nossa força de vontade é fácil, só está a mentir.
- Mas há quem consiga!
- Pois há. Mas será que mesmo depois de mudarem se sentem bem com elas próprias. Será que depois de mudarem para o que elas pensam ser melhor, as pessoas que as amam não sentirão falta da pessoa que elas eram antes?
- Sentirão com certeza, até porque por mais que se queixem, quem ama, ama por completo…
- Todos os nossos defeitos e qualidades.
- E não há pessoas perfeitas, nesse aspecto. Todos temos defeitos e qualidades e apenas conseguimos ser perfeitos quando nos amam por aquilo que somos. Mesmo depois de mudar-mos, os nossos defeitos não deixam de existir, mudam, mas por vezes para pior.
- Eu não quero que mudes, apenas quero que tenhas mais confiança em ti.
- Mas isso não é mudar?
- Não creio que seja, sabes porquê? Confiança é uma coisa que existe dentro de ti, e em abundância. Só precisas de a trazer cá para fora, de a usares constantemente, tal como usas cuecas, tal como os planetas giram em volta do sol.
- Acho que cada vez percebo melhor a palavra mudar. Penso que quando as pessoas dizem que vão mudar, que mudaram, não estão a ser verdadeiras com elas mesmas. Porque mudaram para algo que não são. Tornaram-se algo falso.
- É exactamente isso. Tu só precisas de trazer algumas coisas que estão dentro de ti para fora, mais nada. Não precisas de mudar nada em ti. Eu amo-te por aquilo que és. Sem tirar nem pôr.
- Também eu.
 
agora ando mais numa de escrever diálogos.isto é talvez uma conversa com a minha alma, sim a minha alma é um ele e eu gosto de lhe chamar amor (:
sou diferente. não é baseada em nenhum diálogo que eu já tenha tido, alguns factos são sim baseados na minha pessoa.

Photography Graphics

publicado por anna. às 17:29
link do post | comentar | favorito
|
21 comentários:
De s. a 8 de Agosto de 2009 às 17:47

São azuis xD
E eu estou a fazer montagens xD
No worries (:Olha agora vou dar uma volta oela praia x)
Falamos amanha porque so devo voltar as tantas xD
Adeus beijinhos *
De inês. a 8 de Agosto de 2009 às 18:59
- Primeiro, peço desculpa por à bocado não ter respondido. Saí e nem tive tempo de te avisar :x

- Segundo, ADOREI este texto por completo! Escreves mesmo bem :D e depois ainda dizes que sou eu. pois sim, claro. xD

- Terceiro, FAVORITOOOOS aqui vai ele :D
De inês. a 8 de Agosto de 2009 às 19:00
P.S - ainda aí estás? :'$
De Mara* a 8 de Agosto de 2009 às 19:49
Aw, de nada  (:

Adoro o teu cabelo  Wow

Beijinhos
De Mara* a 8 de Agosto de 2009 às 20:06
ahahahah*

Es uma queriida  (:
De Mara* a 8 de Agosto de 2009 às 20:28
;DD

Verdade  :p
De Nini a 8 de Agosto de 2009 às 20:31
ta fofa gosto do titulo:D
olha mas eu pedi pa postarem as fotos no comment com ::

Nº de Participante :: Nome :: Url da Fotografia


Mas tudo bem ... agr ja tah

De Inês a 8 de Agosto de 2009 às 21:27
Lindão como sempre :DD
De inês. a 8 de Agosto de 2009 às 21:33
eu é que tenho que agradecer, ana maria :)
não apareces no msn ?
De Nini a 8 de Agosto de 2009 às 22:19
se puderes... com o ke te pedi :D
agradeciaa

Comentar post