Sexta-feira, 26 de Junho de 2009

Liberdade.

 

"Mesmo assim continuaria a amá-lo, porque – pela primeira vez na sua vida - tinha consciência do que era a liberdade. Podia amá-lo mesmo que ele jamais o soubesse; não precisava da sua permissão para sentir a sua falta, pensar nele o dia inteiro, esperá-lo para o jantar, e preocupar-se com o que as pessoas poderiam estar a tramar contra um estrangeiro. Isso era liberdade: sentir o que o seu coração desejava, independente da opinião dos outros. Já lutara com os seus amigos e vizinhos a respeito da presença do estranho em sua casa; não precisa de lutar contra si mesma. "
O monte cinco de Paulo Coelho
publicado por anna. às 12:38
link do post | comentar | favorito
|
27 comentários:
De × Peace.and.love ϟ a 26 de Junho de 2009 às 14:06
Bonito texto. :)
De shalaku. a 26 de Junho de 2009 às 14:24
sinceramente não estava NADA à espera =S
beijinhoooo , *


ps . - adoro a música *.*
De RYAN CKD a 26 de Junho de 2009 às 14:48
parece interessante :)
De v. a 26 de Junho de 2009 às 21:56
Só podia ser Paulo Coelho. Palavras para quê? Lindo.

Beijinho
De Mii, a 26 de Junho de 2009 às 22:15
não, não quero que sejas 'obrigada' a falar comigo. se nao te sentes á vontade eu percebo :)
já ando á muito para pegar nos livrinhos de paulo coelho que andam aqui por casa e le-los mas a preguiÇa é mandona --'

beijinho
De - Rita a 26 de Junho de 2009 às 22:28
Awww, *-*
Ainda bem que gostaste :'3
De Citrus Sinensis a 26 de Junho de 2009 às 23:02
Já somos duas *.*
E hoje não vai dar outra vez --'
De Citrus Sinensis a 26 de Junho de 2009 às 23:05
Não. Vai dar uma reportagem sobre o tal que morreu --'
De Ynnêz a 26 de Junho de 2009 às 23:09
tens o meu email do msn?
se nao tens é o ines_mmiranda@hotmail.com
Falamos lá
Bjnhs
De Citrus Sinensis a 26 de Junho de 2009 às 23:14
Podes crer! Vamos ter de levar com elas praí durante dois meses xD

Comentar post